Fórmula 1 registra primeiro caso de piloto com Covid-19


Sergio Pérez ficará de fora do GP da Grã-Bretanha, neste fim de semana

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e os organizadores do Mundial de Fórmula 1 informaram nesta quinta-feira (30) que o piloto mexicano Sergio Pérez, da equipe Racing Point, deu positivo para a COVID-19 em um teste e não poderá disputar o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, neste fim de semana.

– Após o anúncio de hoje de que Sergio Pérez, da equipe BWT Racing Point Formula 1, produziu um resultado inconclusivo no teste de Covid-19 no circuito de Silverstone, antes do Grande Prêmio da Grã-Bretanha de Fórmula 1 da FIA de 2020, a FIA e a Fórmula 1 podem agora confirmar que o resultado de seu novo teste é positivo – informaram a entidade e a organização em comunicado conjunto.

Ainda segundo a nota, Pérez foi afastado assim que saiu o resultado inconclusivo e desde então entrou em quarentena, seguindo as instruções das autoridades de saúde pública locais

– Sergio está fisicamente bem e de bom humor, mas continuará isolado sob as diretrizes das autoridades de saúde pública relevantes. A segurança é a prioridade máxima para a equipe e para o esporte. Toda a equipe deseja felicidades a Sergio e espera recebê-lo na RP20 em breve – escreveu a Racing Point.

A equipe ainda não informou quem será o companheiro do canadense Lance Stroll a partir de amanhã, nos treinos livres. Nos bastidores, foram especulados os nomes de dois pilotos reservas da Mercedes, o também mexicano Esteban Gutiérrez e o belga Stoffel Vandoorne, e também do alemão Nico Hulkenberg.

– Nossa intenção é correr dois carros no domingo. Comunicaremos os próximos passos para o fim de semana do Grande Prêmio da Grã-Bretanha no devido tempo – limitou-se a dizer a escuderia.

Fonte: Pleno News

Comente usando o Facebook!

comentários