Homem é condenado a pagar R$ 10 mil por mandar nudes


A justiça condenou um homem de 55 anos a pagar R$ 10 mil de indenização a uma mulher, de 25 anos, por enviar fotos pornográficas – os chamados nudes. De acordo com a juíza, a atitude do homem causou constrangimentos à vítima que é casada. No pedido, a defesa da mulher pediu R$ 100 mil.

O caso é de abril de 2016 e os dois teriam se conhecido em um curso para síndicos em Curitiba. O número do telefone celular não foi fornecido por ela, mas estava disponível em um grupo criado dentro do aplicativo de mensagens WhatsApp durante o período do curso. Em seguida, o homem passou a enviar fotos das partes íntimas.

De acordo com a defesa da vítima, esta é a primeira condenação no Paraná envolvendo este tipo processo realacionado ao envio de imagens por celular.

Além da condenação, o homem terá que pagar custas do advogado no valor de R$ 1,5 mil. Ainda cabe recurso da decisão.

Comente usando o Facebook!

comentários