Revistas apontam que príncipe William traiu Kate Middleton e advogados falam em processo


Algumas revistas deram a notícia de que o príncipe William teria traído Kate Middleton enquanto ela estava grávida do terceiro filho deles, Louis, e parece que medidas judiciais estão sendo tomadas agora.

De acordo com o Daily Beast, os veículos que publicaram a notícia da suposta traição receberam uma carta do escritório de advocacia londrino Harbottle e Lewis falando de processo caso a notícia seja trazida à tona de novo. “Além de ser falsa e altamente prejudicial, a publicação de especulações mentirosas a respeito da vida privada de nossos clientes também constitui uma violação de sua privacidade, de acordo com o artigo 8 da Convenção Européia de Direitos Humanos” diz a carta aberta dos advogados.

O rumor de que o príncipe William teria traído Kate foi dado primeiro pela In Touch Weekly, afirmando que ele teve um caso com a marquesa de Cholmondeley, Rose Hanbury. A fonte da publicação disse “Kate vê a amizade deles sob uma luz totalmente diferente agora. Eles se apresentam como um casal perfeito que não pode errar, mas a realidade é que a maioria dos casais tem seus problemas e William e Kate não são diferentes”.

Mas, ainda de acordo com a revista, quando Kate confrontou William sobre o rumor, ele teria dado risada e afirmou que “não havia nada”. De qualquer jeito, esse assunto se tornou ‘proibido’ na mídia, e tudo não passou de rumores.

 

Comente usando o Facebook!

comentários