Temer tem medo de ser preso e perder Marcela,diz colunista


Alvo de denúncias, o presidente Michel Temer (MDB) perderá o foro privilegiado a partir de 1º de janeiro de 2019. Com isso, ele poderá responder às acusações que pesam contra ele de corrupção e obstrução de Justiça. A possibilidade de ser preso, de acordo com o colunista Ricardo Noblat, tem amedrontado o presidente, mas não pelo fato da reclusão e sim por medo de perder a esposa, Marcela Temer.

Segundo publicação de Noblat desta quarta-feira (11), o presidente teria confidenciado o fato a um amigo. “Sou inocente. Não tenho medo de ser preso e não serei”, teria confidenciado Michel Temer. “Mas se eu for preso, meu medo é perder Marcela”, completou.

O presidente é casado com Marcela há 15 anos. Como primeira-dama desde 2016, ela tem uma postura discreta. Advogada por formação, Marcela não costuma comparecer a todos os eventos do Palácio do Planalto, mas reativou a tradicional participação das esposas dos Chefes do Executivo nos trabalhos sociais da gestão.

Comente usando o Facebook!

comentários