Yudi Tamashiro fala sobre álcool durante “Bom Dia & Cia”: “Chamava o desenho e corria para vomitar”


Em uma entrevista bastante reveladora ao programa “Superpop”, Yudi Tamashiro soltou o verbo e relembrou a época em que apresentava o “Bom Dia & Cia”, programa infantil do SBT.

Ele contou que, quando se tornou adolescente, teve alguns problemas com as restrições que a direção do programa impunha aos apresentadores. “Eu só podia cortar o cabelo lá, não podia pegar sol, não podia andar com as pessoas que eu queria andar… Por imagem mesmo, por preocupação da produção. Mas teve um dia que eu não aguentei. Eu queria mudar o meu cabelo, a vida toda de cabelo grande. Aí eu fui e cortei fora”, disse.

No dia seguinte, Yudi foi suspenso do programa. “O bom é que o Silvio [Santos] estava nos Estados Unidos e quando ele voltou, perguntou “Cadê o moleque no ar?”. Aí eu voltei. Ele não estava nem aí para o cabelo”, relembrou.

O ex-apresentador do “Bom Dia & Cia” também falou sobre as noitadas e o abuso de álcool na época em que ele era adolescente. “Droga eu nunca me envolvi, não tive curiosidade e nunca gostei, até porque a minha turma, do sertanejo, não usava droga, gostava de beber. Como eu trabalhava muito, o tempo que eu tinha, tinha que aproveitar. Tenho das 23h às 5h, é o tempo que tenho para ficar louco e arregaçar tudo”, afirmou.

“Com 17, 18 anos, está com pique. Ficava três dias virado direto, e sem droga, era só bebida. Melhorava e ia de novo. Saía da balada, pegava as meninas e levava para minha casa. Deixava elas dormindo, voltava do programa, elas estavam na sala e eu: ‘qual seu nome mesmo, menina?’. Eu sem dormir e a gente saía de novo”, continuou.

Segundo o relato do artista, houve um tempo em que ele chegava a vomitar após ir ao ar. “Cheguei num nível que chamava o desenho e corria pro banheiro para vomitar. Vi a minha vida indo pro ralo”, admitiu.

 

Comente usando o Facebook!

comentários